O Ministério da Agricultura admitiu que a Operação Carne Fraca da Polícia Federal (PF), deflagrada na sexta-feira, 17/03, para investigar fraudes em empresas de alimentos, pode desencadear uma crise de imagem para as exportações brasileiras de proteína.

“É lógico que nos preocupa, somos grandes players no mercado. Quando uma notícia dessas vem a público, se aproveita a oportunidade para colocar em xeque a questão comercial”, declarou o secretário-executivo da pasta, Eumar Novacki. No primeiro dia em que as denúncias foram divulgadas, instituições da União Europeia e dos Estados Unidos fizeram contato com o governo brasileiro para obter informações sobre a operação.

Os norte-americanos abriram as portas para o bovino in natura do Brasil em agosto do ano passado e, desde então, a medida funcionou como um passaporte de acesso a outros compradores com o mesmo padrão sanitário dos Estados Unidos. Caso o País seja abatido por uma crise de imagem, “existe sim o receio de fechamento dos mercados”, afirmou Novaki.

(Fonte: DCI)

COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA